Rímel de tubos

Aqui há tempos postei no meu Instagram (a propósito, já seguem?) uma foto do Better Than Waterproof, rímel da Catrice que comprei depois de alguma pesquisa por saber que tem tecnologia de tubos e com a intenção de usar numa noiva.

20180912_114236

Mas vamos começar pelo início: o que raio é um rímel de tubos? Na verdade o rímel é um cosmético que diverge radicalmente da sua origem, quando era um pó preto prensado, que era liquefeito com saliva e aplicado nas pestanas. Sexy a parte do cuspo, não era? Entretanto a coisa evoluiu para o que temos hoje na maioria da oferta: uma base aquilo que creio serem silicones voláteis com pigmentos. Quando são retirados com desmaquilhante são “lavados” com detergentes, removendo a gordura e o pigmento como consequência. Os rimeis de tubos são diferentes porque são polímeros que formam um filme à volta das pestanas (tubo) que é insolúvel em água, fazendo com que sejam à prova de água. Podem soar mais difíceis de remover, mas na verdade, usando apenas água morna e com os dedos retirando o produto suavemente, este sai sem qualquer esforço. Magia incrível da ciência, na minha opinião.

O único problema que pode advir deste produto e que acontece com o da Catrice de que falei anteriormente são estes tubos desintegrarem-se antes do tempo, estrelando um pouco. No caso deste, não aconselho a aplicação nas pestanas inferiores, mas de resto aguenta-se bem.

Se isto vos soa bem, tenho alguns exemplos para vocês.

rimel_tubos_tube_mascara

 

Já tinham ouvido falar disto? Já experimentaram este tipo de produto?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s