Underdogs

Hoje em dia vivemos em tempos de imenso marketing e publicidade, que nos entra pelas casas e olhos adentro sem pedir permissão. No entanto, quem tem o poder para efectuar grandes manobras de marketing são apenas as grandes marcas, que não são necessariamente as melhores.

Assim, decidi apresentar-vos formalmente 6 marcas: faladas, mas não tanto como deviam.

A senhora Leonor Greyl é uma ninja dos cabelos, para o colocar de uma forma simples. Criou uma linha baseada em óleos naturais para nutrir o cabelo para que possa ser saudável, bem como um spa de cabelos em Paris. Formulados apenas com ingredientes naturais, o luxo que emana dos produtos é palpável. Os seus óleos capilares tornaram-se um sucesso desde 1968, sendo ainda hoje um negócio de família. O seu mais famoso produto é o L’huile de Leonor Greyl e está disponível em algumas farmácias portuguesas e no beautybay.com.

A Ouidad é também uma marca de produtos capilares que se especializa especificamente em domar os caracóis que habitam as cabeças de tantas mulheres! Desde as ondas mais frisadas como as minhas, à mais encarapinhada afro, passando por todos os diâmetros de caracol no intermédio. Curls rule, dizem eles, e dou-lhes razão, se estiverem bem tratados. O produto-estrela da marca é um gel que define os caracóis muito fechados sem os deixar crocantes. Eu ando de olho neste spray. Vende-se na beautybay.com.

A pai skincare é uma marca também com uma história interessante. Já a conhecia há algum tempo e recentemente a Patuxxa despertou-me o intenso desejo de a adquirir. Foi criada por uma senhora que sofria de uma alergia cutânea que não conseguia afugentar com outra coisa que não cortisona ou anti-histamínicos (até aqui nada de excepcional, vejo pelo menos 2 por semana na farmácia…). A diferença entre a Sarah Brown (fundadora da marca) e as restantes pessoas é que ela decidiu fazer alguma coisa quanto a isso. Decidiu criar uma linha cosmética exclusivamente natural e orgânica para a ajudar a ela e a outras pessoas com o mesmo problema, nós agradecemos! O produto-estrela é o óleo de rosa-mosqueta, perfeito para hidratar, antioxidante e ainda é excelente para desvanecer marcas de acne. Disponível na Skinlife ou no beautybay.com.

Conheci a Ahava numa viagem a Israel e achei brutal o aproveitamento que o país tem da sua riqueza natural (se nós fizéssemos só 25% do que eles fazem com o que temos…) e da quantidade de marcas que aproveitam as propriedades hipertónicas e purificantes do mar morto. Toda a linha tem lama do mar morto na sua composição e aconselho vivamente a linha quase completa, pois tudo o que experimentei até hoje, amei, mas em específico os sachets de lama do mar morto (já que não podemos ir ao mar morto ao fim-de-semana, podemos trazer um bocadinho dele até nós) e este gel hipertónico para o corpo antes da lavagem regenera a pele e deixa-a suuuuper suave!! E eu tenho pele a roçar o atópico, eu não digo isto em relação a nada! No beautybay.com.

A Rouge Bunny Rouge vem provar que nem tudo o que vem da Rússia é frio ou vodka. Uma marca de maquilhagem com texturas sublimes e um cuidado sofisticado na escolha de cores. Vale a pena ver a selecção deles, especialmente este iluminador em sea of clouds, muito semelhante ao meu favorito shimering face perfector da Becca. No beautybay.com e no zuneta.com ou em rougebunnyrouge.com.

Por fim, a Le Métier de Beauté também chegou até mim através da Patuxxa! Outra marca sublime, com um sistema engraçado de encaixe de paletas (como as lentes dos oculistas antigos, quase!). Mais uma vez, uma marca luxuosa e brutalmente underrated. Estou de olho neste pó fixador para corrector de olheiras que me parece uma versão mais sofisticada do well-rested for eyes da bare mnerals.

Que acham deste tipo de posts?

7 thoughts on “Underdogs

  1. nes diz:

    Adorei conhecer estas marcas. Gostei da descrição principalmente da PAI, porque já tinha ouvido falar das propriedades hidratantes da rosa-mosqueta (não sei se só há em óleo ou também noutros tipos de hidratante), e queria perguntar-te se por acaso conheces outros produtos/marcas com base neste componente!
    “Ouvi dizer” que disfarça cicatrizes, estrias e outro tipo de marcas… será verdade? É que tenho várias marcas/cicatrizes cortesia da minha gata quando ainda era meia selvagem, e estrias um pouco por todo o canto do corpo.

    Gostar

  2. patuxxa diz:

    Ah tantos favoritos! Já usei várias coisas da Leonor Greyl, resta-me neste momento o Huile de Palme que é óptimo para o cabelo no Verão (costumo comprar no Corte Inglès). Da RBR tenho algumas sombras, a pigmentação é fabulosa! Quanto à Le Métier só te digo, ai que caro mas ai que bom… a máscara para pestanas e o eyeliner eram dos melhores que já usei, tive tanta pena quando acabaram! As paletas de encaixe são uma maravilha. As paletas de sombras normalmente são de edição limitada e caçam-nas como se fossem troféus, eu tenho uma que é pó, blush, bronzer e iluminador e muito prática para viagem, que me pareceu ser melhor investimento!

    Gostar

  3. Coisas e Cenas diz:

    Se já estava entusiasmadíssima com a Pai e se fiquei excitadíssima como post da Patuxxa, agora estou que não posso: acreditas que tive uma alergia dessas que só passa com anti-histamínicos ou cortisona, sabe-se lá a quê? Pelo sim, pelo não, compro o óleo. E já agora (e apesar de a coisa parecer ter desaparecido, tal como veio), a ver se faço mais testes.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s