Resenha – Base i.d. Bare Minerals

Last but not least, uma das marcas de bases mais faladas durante muito tempo quando surgiu o booom das bases minerais: a i.d. bareMinerals. Adquiri-a nos saldos da Sephora por 15€, a preço normal ela é 23€ aqui.

Esta marca faz parte do mesmo grupo que a Shiseido e hoje em dia já alargou a gama para, não só bases como correctores, blushes, sombras, cuidados de pele, primers e tudo o mais a que temos direito. Esta base foi a primeira que lançaram e apresentou como grandes vantagens o seu reduzido risco alérgico por ter poucos componentes e todos “naturais” (o que é algo tão dicutível como algo orgânico mas esta discussão daria pano para mangas).

No geral, ela é uma base em pó com uma cobertura média e com SPF 15. Tem ainda mica, logo reflecte a luz, logo, não é mate.

A primeira coisa que me desagrada nesta base é a porcaria que ela faz. Eu já aqui expliquei que sou daquelas pessoas que aprecia grandemente mais 15 minutos de ronha na cama e, na pressa matinal lidar com aberturas cuidadosas e limpar a tremenda porcaria que consigo fazer com ela às vezes… Não tenho muita paciência, admito. A boa notícia para quem gosta deste formato de base é que agora já têm um doseador e isso torna bem mais fácil a dispensa do produto.

Como podem ver aqui na minha mão, ela parece quase em creme, precisamente pelas partículas reflectoras.

A cobertura dela é bastante boa, média a alta diria. No entanto, não é nada do “flawless coverage” que é anunciado pela marca. Tenham paciência, acho que toda a gente consegue continuar a ver a minha borbulha omnipresente durante toda esta semana das bases. Pessoalmente, também não gosto nem concordo com coberturas totais, se temos imperfeições devemos actuar localmente e não transformar toda a cara num bolo, até as partes que estão perfeitas.

É ainda prometido que, ao aplicar a base tem uma textura cremosa e até hidratante. Permitam-me discordar. Ela seca-me bastante a pele e acentua as áreas secas. Não caiam no marketing (aqui como a totó), esta continua a ser uma base em pó e o pó vai sempre absorver a oleosidade e água da pele. É uma simples lei da física.

4/5 estrelas – muito bom!

Tiro-lhe uma estrela porquê? Se bem se lembram, no início e quando saíram estas bases minerais elas prometiam TUDO, pouco faltava para fritarem batatas e fazerem tostas mistas também, ora leiam a descrição desta base no BeautyBay.com:

bareMinerals SPF15 Foundations are creamy, Pure mineral loose foundations for a flawless, naturally beautiful complexion. Discover why millions of women are going “bare” with the award-winning foundation that started the mineral makeup revolution.
Made with pure, crushed minerals from the earth, bareMinerals SPF15 Foundation looks like a powder, feels like a cream and buffs on like silk, giving a natural luminosity. Free of preservatives, talc, oil, waxes, fragrances and other chemicals that can irritate skin and cause breakouts, it’s ideal for all skin types and conditions, from sensitive skins to acne and rosacea.
The weightless, silky materials give you flawless coverage with the amazing look and sensation of radiant bare skin. Plus, it provides natural SPF15 broad spectrum UVA/UVB protection. What’s not to love?
Now packaged with a lockable sifter to prevent any spills and give perfect portability. Now paraben free.
Read more about bareMinerals in our Buyers Guide.”

“Sensation of bare radiant skin”??? Não, desculpem, eu sinto a pele a repuxar terrivelmente e desconfortável no inverno, esta base não é adequada para peles secas e sensíveis. Pouco falta para prometerem ter pó de fada na base também, ou de pedaços de metais raros contidos no interior de meteoritos. Um SPF de 15 não é um “broad spectrum”, isso seria um SPF 50 UVA e UVB, que existe. A minha já é das que não tem parabenos, embora a embalagem seja das antigas. Pessoalmente, os parabenos não me incomodam, se quiserem um dia eu explico porquê aqui no blog.

Aconselho esta base para quem:

– Tem a pele com tendência a fazer alergia (mas com mais tendência oleosa);
– Pessoas com acne moderado ou só borbulhitas (acne à séria nuuuunca deve ser tapado com maquilhagem!);
– Pessoas que gostam de coberturas naturais;
– Fãs de produtos minerias.

15 thoughts on “Resenha – Base i.d. Bare Minerals

  1. Isa Teixeira de Matos diz:

    Tu és um espectaculo…gosto imenso de ler o teu blog porque aprendo sempre qualquer coisa;) hoje aprendi que os produtos que têm mica refletem a luz…gosto porque consegues por sempre uma explicação cientifica…adoro. obrigado por nos tornares mais sabichonas 😉
    Já agora fiquei curiosa com os parabenos, já que a moda é parabenos free…fico aguardar a explicação.

    beijo

    Gostar

  2. Sleepy Witchy diz:

    Não querendo por em causa os teus conhecimentos tenho ouvido dizer precisamente o contrário acerca do dióxido de titânio.
    Quando existe sensibilidade e tendência para as alergias os conselhos que ouço invariavelmente são: escolher um protector solar sem activos químicos e só com activos físicos como o dióxido de titânio e óxido de zinco.
    Podes consultar o seguinte link (http://www.cosmeticscop.com/cosmetic-ingredient-dictionary/definition/1506/titanium-dioxide.aspx)
    Aproveito para dizer que adoro o teu blog, a atenção com que tratas os assuntos e a sinceridade com que avalias os produtos.
    Beijinhos, Rita

    Gostar

  3. Sleepy Witchy diz:

    Não querendo por em causa os teus conhecimentos tenho ouvido dizer precisamente o contrário acerca do dióxido de titânio.
    Quando existe sensibilidade e tendência para as alergias os conselhos que ouço invariavelmente são: escolher um protector solar sem activos químicos e só com activos físicos como o dióxido de titânio e óxido de zinco.
    Podes consultar o seguinte link (http://www.cosmeticscop.com/cosmetic-ingredient-dictionary/definition/1506/titanium-dioxide.aspx)
    Aproveito para dizer que adoro o teu blog, a atenção com que tratas os assuntos e a sinceridade com que avalias os produtos.
    Beijinhos, Rita

    Gostar

  4. m_I_a diz:

    Olá Rita,

    O que eu disse acerca do dióxido de titânio é que é oclusivo. Não é que faça mal mas é aquilo que nos protectores solares te deixa branca e pardacenta e seve para reflectir os raios UV (tem estas duas funções nesta base). Não é algo que queiras ter na tua pele quando te vais deitar, por exemplo. Em relação a isso que disseste, é verdade que os filtos físicos são bem melhores para peles reactivas pois os químicos fazem reacções com as nossas células de forma a protegerem-nas 😉

    Obrigada!

    Beijinho

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s