Como escolher – rímel (máscara)

Por vezes, a oferta neste mundo da cosmética é tanta que nos sentimos assoberbadas. O rímel (ou máscara, como preferirem) é um exemplo disso.

Falo por mim quando digo que por vezes se passa muito tempo até se encontrar um produto de que se goste. No meu caso, tenho um problema porque quando tenho as pestanas coladas, começo a puxá-las e arrancá-las o que não é nada bom nem saudável, mas poucas coisas me fazem mais impressão do que ter as pestanas coladas. Por isso, aprendi relativamente cedo qual o tipo de rímel para mim. No entanto, cada pessoa tem um gosto diferente e quer coisas diferentes para si. Por isso, fiz esta pequena compilação de rímeis com explicações sobre funções deles.

Em primeiro lugar vou-vos falar dos rímeis de alongamento. Objectivo? Obviamente alongar, separando as pestanas no processo, muitos curvam também as pestanas (ou prometem fazê-lo). A Maybelline diz que o Colossal é de volume mas eu discordo e já experimentei todas as versões deste rímel (amor eterno, para mim resulta maravilhosamente como falei aqui). Se usam óculos e já têm as pestanas naturalmente longas, saibam que elas vão “bater” nas lentes. Se não gostam da sensação, provavelmente não vão gostar destes rímeis. Se têm pestanas curtinhas, provavelmente é a melhor opção pois vão parecer mais longas e mais.

1- Maybelline The Collosal; 2- Maybelline Define-a-lash; 3-Maybelline one-by-one (ainda não disponível em PT); 4- Lancôme Definilcils; 5- L’Oréal telescopic; 6- Rimmel London extra super lash; 7- Essence maximum definition; 8- YSL everlong mascara

De seguida, vêm os rímeis de volume. Perguntam vocês, o que raio é volume nas pestanas? (Eu também já fiz esta pergunta a mim mesma, daí ter ido investigar…). Em primeiro lugar, quase todos os rímeis de volume também dão alongamento portanto, têm um efeito 2 em 1. No entanto, ao contrário dos de alongamento que mantêm as pestanas “finas”, estas máscaras “engrossam” as pestanas parecendo que têm mais pestanas. Muitas dão um efeito semelhante à aplicação de eyeliner.

O problema para mim, é que algumas delas fazem aquilo que eu referi, juntam as pestanas. Já ouvi dizer que a Falsies (2) (pestanas falsas em português) faz isso, mas tem muitos fãs por isso, deve resultar com muita gente. Destas aqui abaixo, uma que vos posso dizer que não faz os agrupamentos de pestanas é a Hipnôse da Lancôme (3). Só começou a fazer isso quando estava seca mas todas as máscaras o fazem porque o produto fica mais espesso e agrupa as pestanas.

Se as vossas pestanas são tímidas, uma máscara dupla poderá ser uma boa opção (como a 5).

1- Maybelline volum’ express turbo booster; 2- Maybelline falsies; 3- Lancôme Hipnôse; 4- Bourjois volume clubbing ultra black; 5- L’Oreal volume shocking; 6- Maybelline define-a-lash volume; 7- YSL volumizing mascara; 8- L’Oreal volume million lashes

Há muitas pessoas que têm problemas em manter o rímel intacto o dia inteiro porque ele borra mesmo sem lhe tocarem, devido mesmo à forma do olho da pessoa. Há duas opções para este problema: rímel à prova d’água que é excelente mas custa a tirar para chuchu (só com desmaquilhante de olhos bifásico é que sai comigo, nem como o sensibio da Bioderma lá vai…). Há ainda outra opção: o rímel de tecnologia de tubo. De que se trata? É um tipo de rímel que forma uma espécie de uma “luva” à volta das nossas pestanas, em vez de as “pintar” como um rímel normal.

Outra particularidade fantástica que tem é que sai com água morna, sem mais nada, puxando gentilmente. Parece que são as nossas pestanas a sair mas é apenas o rímel. Grande invenção! Aqui estão alguns exemplos que se vendem em Portugal:

1- Too Faced lash injection; 2- Essence stays on and on; 3- L’Oreal double extend

Por fim, o rímel existe em todas as cores mas considero que existem 4 básicas (e não se assustem): preto, castanho, azul e ameixa.

Preto é apropriado para morenas com o pêlo escuro ou para ocasiões mais festivas, castanho para ruivas e loiras com o pêlo claro para o dia-a-dia por ser mais natural. Já o azul é muito bonito usado na ponta das pestanas (o resto com rímel preto) para fazer sobressair o branco dos olhos. O ameixa faz realçar a cor natural do olho.

Por fim, tenham em mente, ao escolher o rímel essencialmente duas coisas: a escova e o produto em sim. Olhem sempre para a escova antes de adquirirem um rímel e, se vos parecer que não se vão ajeitar com ela, não é boa ideia trazerem se não tiverem muita experiência (algumas requerem prática, se forem aventureiras, experimentem, há tutoriais a ensinar tudo hoje em dia). Em relação ao produto, infelizmente só vão poder saber quando o tiverem nas pestanas se é bom ou maus. Por isso, tentem experimentar antes de comprar, nunca esquecendo que é um produto usado na zona ocular e que o tester deve estar imperativamente desinfectado (existem escovas descartáveis para tester nalgumas lojas como a MAC, o inconveniente e que não experimentam a escova original do produto). Nunca se esqueçam deste pormenor porque as conjuntivites são facilmente contagiosas e algumas são chatas de curar!

Espero que ajude em futuras compras!

7 thoughts on “Como escolher – rímel (máscara)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s